quarta-feira, 11 de outubro de 2017

ASSALTO ÁS LANCHEIRAS


Na passada semana fomos ver a estreia da peça infantil "Assalto às lancheiras". Não podia ter calhado melhor já que nesse dia ao almoço o meu filho tinha feito uma birra monumental para comer a sopa. Assim, como não há melhor maneira de falar dos assuntos sérios se não a brincar, para além da ensaboadela que levou em casa, levou nova lição ali mesmo no teatro.

A questão é que no corre-corre do dia-a-dia é tão mais fácil optar por aquilo que eles "gostam", evitando confrontos para os quais não temos tempo e assim também não termos que nos preocupar se comem ou não, se temos que preparar ou não...e por vezes a excepção passa a ser a regra no que respeita à alimentação. Ora é disso mesmo que trata a peça.

   

É que segundo dados oficiais, uma em cada três crianças sofrem com o problema da obesidade infantil. O que faz com que, de acordo com a Comissão Europeia, estejamos entre os paises mais afectados por esta situação.

Dados do Sistema Europeu de Vigilância Nutricional Infantil, elaborado pela Organização Mundial de Saúde e pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, indicam que "mais de 90% das crianças portuguesas consomem fast-food, doces e bebem refrigerantes, pelo menos quatro vezes por semana. Menos de 1% das crianças bebe água todos os dias e só 2% ingere fruta fresca diariamente. Quase 60% das crianças vão para a escola de carro e apenas 40% participam em atividades extra-curriculares que envolvam atividade física".



O que esta peça faz é dar às crianças um suporte visual de todo este processo, fazendo-os perceber as consequências de optarmos por uma má alimentação e mostrando-lhes que é mais "cool" ser saudável. Tudo isto do ponto de vista dos alimentos e das próprias crianças.

A peça fala a língua deles e cativa através das músicas e quanto a mim, do guarda-roupa MARAVILHOSO.



A peça é da Ana Rangel e do Dino Rodrigues, que também fez a música. Tem encenação do Miguel Thiré e no elenco conta com Bruno Xavier, Carolina Venâncio, Daniel Cerca Santos, Fernanda Paulo, Joana Campelo, José Lobo, Lourenço Esteves, Luciana Ribeiro, Maria Lalande, Vânia Naia e Carlos Gonçalves.

Está em cena no Teatro Tivoli BBVA em Lisboa aos sábados às 16h00 até Fevereiro quando parte para o Norte, o que é tempo mais do que suficiente para ninguém ter desculpa para não ir. 

Nós gostámos muito e recomendamos! Polegar levantado! 



ASSALTO ÁS LANCHEIRAS 


O Tomate Cherry e a Couve-flor, reis do Reino dos Alimentos Saudáveis estão preocupados. Algo de muito estranho se está a passar. Os alimentos das lancheiras das crianças estão a ser trocados por alimentos pouco saudáveis e ninguém consegue perceber bem como, nem o porquê. O acordo estabelecido entre todos é claro: a alimentação dos humanos deve ser equilibrada e muito doseada e alimentos pouco saudáveis devem entrar na equação apenas de vez em quando. Claro que o Lord Cheese Burguer, o Refrigerante e a Lollipop estão muito contentes com tudo o que se está a passar. Mas será que não existe uma “mãozinha” de cada um deles em tudo o que está a acontecer? A Mariana e a Filipa, duas meninas, amigas, mas bastante diferentes no que toca a gostos gastronómicos, serão as primeiras a perceber que algo de muito estranho se passa com os seus habituais lanches, no recreio da escola.  
Numa altura em que se debate no mundo inteiro o problema da obesidade infantil por contraponto da importância de uma alimentação equilibrada, esta peça apresenta-se como “um dedo na ferida” para crianças e adultos. De uma forma muito divertida, com personagens muito próximas emocionalmente das crianças, “Assalto às lancheiras” promete ser a peça mais saudável do ano! A brincar e a cantar podemos todos aprender a comer melhor. Podemos todos pensar em ter uma alimentação mais equilibrada e uma vida mais activa. “Assalto às lancheiras” é uma deliciosa aventura a que ninguém ficará indiferente!

Sem comentários:

Enviar um comentário